Manda nudes ai! Ops… Mando ou não ?

hands-3236059_1920

Essa semana fui procurado por uma cliente que vamos chamar de Joana, ela me procurou porque descobriu que suas fotos intimas estavam sendo compartilhadas pelo mundo virtual.

E como essas fotos foram parar lá?

Um antigo namorado que de forma vingativa compartilhou as fotos pelo fato do namoro ter acabado.

É o famoso pedido: Manda um nudes para mim! Já ouviu falar em Nudes?

A palavra Nudes vem do inglês que significa pelado, ou melhor, sem roupa ou sem vestimenta, aqui no Brasil se popularizou como a expressão “manda nudes”, que é quando alguém está pedido fotos suas peladas. A internet é uma ferramenta onde rola muito dessas fotos, isso já se tornou uma realidade para nós.

Por certo muitas pessoas já mandaram nudes, mas o que fazer quando você descobre que sua foto intima está circulando no mundo virtual sem sua autorização?

FAÇA BOLETIM DE OCORRÊNCIA

A primeira atitude é fazer um boletim de ocorrência, assim dá inicio ao inquérito policial para investigar ocorrido, nesse caso você está documentada e amparada pela lei.

SOLICITE EXCLUSÃO DO CONTEÚDO

Entre em contato diretamente com o servidor, seja Facebook; Instagram; Youtube; Whatsapp ou demais sites, enviando uma mensagem para o suporte ou uma notificação para o endereço da sede, solicitando a imediata exclusão.

Importante esclarece que esse tipo de processo supracitado ocorrerá em segredo de justiça, fazendo com que a identidade das partes e o conteúdo do ação, não seja possível de visualização por terceiros, salvo autorizados em lei.

QUAIS OS CUIDADOS DEVEM-SE TOMAR AO ENVIAR NUDES?

Cada pessoa tem direito de fotografar o seu corpo e enviar a foto a quem entender, porém muitas vezes enviar essa foto assim de maneira inadvertida e sem ciência dos riscos envolvidos é totalmente inadequada, é aí que muitas pessoas acabam caindo nas mãos da rede. Isso ocorre, pois, quem envia o nude acha que está enviando a foto para uma pessoa de confiança, e ao acordar no outro dia percebe que a sua foto virou noticia na internet.

Outra situação acontece quando a divulgação ocorre por pessoa estranha, por invasão aos dados. A lei 12.737/12 (também chamada de Lei Carolina Dieckmann) alterou o Código Penal para incluir a invasão de dados pessoais como crime (artigo 154-A), punível com detenção de 3 meses a 1 ano, além de multa.

Além de toda a questão criminal, a publicação e o envio de nudes ainda podem refletir em responsabilidades civis, ou seja, quem foi prejudicado pode buscar o Judiciário para reparar os danos sofridos, através de indenização por danos marais, além de materiais, se for o caso.

Portanto fiquem atentos!

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest