As Palavras da Cruz: Seu Perdão

“Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem”. Lucas 23.34

Jesus ora e pede para o Pai perdoar seus exatores, no exato momento que está sendo vitimado pela fúria deles. Além disso, Jesus atenua e absolve a culpa daqueles que o crucificaram ao dizer que “não sabem o que fazem”. Apesar da caminhada para a cruz e do sofrimento da crucificação, da dor física, da dor moral e espiritual, Jesus ministra perdão.

Dessa forma, não apenas coloca em prática o que havia ensinado (Lucas 6.27-28) como também cumpre a profecia de acordo com a qual “pelos transgressores intercedeu” (Isaías 53.12).

Ele perdoa para testemunhar seu propósito ao subir à cruz e cumprir seu próprio ensinamento sobre o perdão.
Isso nos ensina que o perdão é uma necessidade. O perdão será sempre uma consequência de nossa consciência do amor que recebemos de Deus.

Em nosso caso, o perdão tem mão dupla, afinal, ele cura quem perdoa e abençoa a quem se sente perdoado.

O perdão é melhor do que dez caixas de sedativos porque alivia a angústia do coração humano.

A pergunta que fica é: quem você precisa perdoar agora?

Se existe alguém que você precisa perdoar, siga o exemplo de Cristo, na cruz, e declare o perdão a quem te ofendeu!

Se Jesus fez isso na cruz, que direito você e eu temos de guardar rancor por alguém?

Por: Junior Pedroso | Palavras da Cruz é um devocional da Terceira Igreja Presbiteriana de Itajubá/MG
https://www.facebook.com/TerceiraIPB
https://www.instagram.com/terceiraigrejaitajuba/

Imagem de Jill Wellington por Pixabay

Perfeito Cast

Perfeito Blog