Você está aqui

Nicolás Maduro

Maduro pede que Supremo declare ser ‘inconstitucional’ Lei de Anistia

Enviado por PerfeitoLouvor em sab, 09/04/2016 - 12:16

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta quinta-feira (7) que pediu ao Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) que “declare inconstitucional” a chamada Lei de Anistia e Reconciliação Nacional, que foi aprovada recentemente pela maioria opositora do Parlamento para libertar seus líderes da prisão.

Nicolás Maduro diz que ninguém o tirará da presidência

Enviado por PerfeitoLouvor em sab, 05/03/2016 - 09:37

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nessa quinta-feira (3) que “ninguém o tirará” do cargo, em alusão aos anúncios da oposição de estar procurando um meio legal para afastar o chefe de Estado do poder.

“Esta casa (o palácio presidencial de Miraflores) continuará a ser do povo e aqui continuará Nicolás Maduro Moros”, disse ele, em cerimônia de lançamento do Motor Construção, uma das iniciativas anunciadas pelo governo para tentar combater a crise econômica no país.

Venezuela: oposição denunciará Maduro por abuso de poder

Enviado por PerfeitoLouvor em qua, 30/12/2015 - 09:49

Um grupo de deputados da oposição irá denunciar o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, por ‘abuso de poder’ ao manter a fronteira com a Colômbia fechada apesar de o decreto de exceção nessa região ter expirado na meia-noite de 18 de dezembro, conforme asseguram os legisladores, informou nesta segunda-feira (28) o deputado Walter Márquez.

Presidente da Venezuela é denunciado na Justiça por mortes

Enviado por thamiryssilva em qui, 02/10/2014 - 19:45

O político opositor Leopoldo López, atualmente preso e processado pelos incidentes violentos ocorridos durantes os protestos de 12 de fevereiro na Venezuela, encaminhou nesta terça-feira ao Ministério Público uma denúncia contra o presidente do país, Nicolás Maduro, e o ministro do Interior, Miguel Rodríguez, por duas mortes ocorridas naquele dia. López considera que as provas da investigação da Promotoria demonstram que o verdadeiro responsável pelas mortes de Bassil Dacosta e Juan Montoya é o presidente da República, informou seu advogado de López, Juan Carlos Gutiérrez.