Você está aqui

IURD de Fortaleza é atacada por militantes do PSOL

Abas primárias

Enviado por PerfeitoLouvor em qua, 03/10/2018 - 10:53

Na madrugada da sexta-feira (28), um grupo de 12 militantes do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) realizou um ato de vandalismo contra a sede da Igreja Universal do Reino de Deus em Fortaleza (CE).

A IURD explica que o objetivo dos vândalos era defender a liberação do consumo da maconha e para isso tentaram colar adesivos em alusão a isso na porta do templo. Os vigilantes que trabalham no local contam que, por volta de 0h30 da madrugada, os membros do partido socialista entraram em confronto com eles, utilizando paus e pedras.
Um dos guardas acabou ferido no braço pelo grupo e precisou ser levado para o hospital. Os psolistas só foram embora após a chegada das viaturas da Polícia Militar.

Segundo a igreja, “o PSOL é um partido de esquerda, de inspiração socialista, comunista e antidemocrática”.

O Bispo Guaracy Santos, líder da Universal no Ceará, lamentou o ocorrido. “Esse atentado mostra o que pretendem os extremistas de esquerda, e todo o desprezo e o desrespeito que eles têm aos valores de todas as famílias cristãs, sejam evangélicas ou católicas”, destaca.

Nos adesivos que os manifestantes tentaram colar na igreja era possível ver a figura de uma folha de maconha e o número de um candidato do PSOL ao cargo de deputado estadual. A lei vigente no Brasil estabelece que é crime fazer apologia ao uso de drogas ilícitas.
Novo ataque

Horas depois da tentativa de vandalismo, um travesti foi para a porta da sede da Universal. Ele segurava uma placa de protesto e tentou agredir os fiéis.

Em determinado momento, após confronto com os vigilantes, tomou a arma de um deles e passou a ameaçá-los com a pistola. Após os seguranças conseguirem desarmar o homem, ele foi entregue à polícia.

Ainda não foi esclarecido se o travesti tinha ligação com o grupo que atacou na noite anterior.

Fonte: Gospel Prime